• Equipe Hialinx

Ciberataques crescem em questão de quantidade e complexibilidade

Entre os motivadores para que incidentes cibernéticos aconteçam estão erros humanos e falhas técnicas


Uma violação de dados através de ataques cibernéticos é um dos receios enfrentados por empresas - de pequeno, médio ou grande porte. Segundo especialistas da Cisco, o roubo de dados sensíveis, conhecidos como “ransomwares” aumentaram em 33% entre maio e julho, e 43% entre agosto e outubro de 2020, em quantidade e complexidade. Entre os motivadores para que incidentes cibernéticos aconteçam estão erros humanos e falhas técnicas, de acordo com relatório Global Risk Dialogue divulgado recentemente pela Allianz Global Corporate & Specialty (AGCS).


O levantamento mostra que houve um aumento em reivindicações cibernéticas nos últimos anos. Com base nos números das perdas, 57% são causadas por falhas técnicas e de TI ou incidentes por erro humano, 40% por manipulação externa de sistemas e 3% ação interna maliciosa, por exemplo, ação realizada por um funcionário desonesto.


Violações de dados podem custar caro a empresa. O impacto vai desde as perdas financeiras até o impacto negativo na imagem da marca, levando as empresas a perderem oportunidades de negócios futuros ou até se indispor com clientes atuais.


Portanto, seja por resultado de um ciberataque externo, erro humano ou uma falha técnica, a segurança de dados é essencial para evitar prejuízos. Vale ressaltar que, em 2020 entrou em vigor as disposições gerais da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Agora, as empresas precisam adequar seus processos para garantir que os dados pessoais em seu poder estejam sempre protegidos.


Para evitar problemas futuros, o indicado é contar com uma equipe de T.I para garantir segurança.


Para mais informações entre em contato ou preencha o formulário e receba uma consultoria sem custo para descobrir a melhor solução para sua empresa!


Ligue: (41) 3342-2820


2 visualizações0 comentário