• Equipe Hialinx

O poder da união entre T.I e o agronegócio

A aliança entre a tecnologia da informação e o agronegócio é vista como uma vantagem competitiva entre os profissionais.



O cenário do agronegócio brasileiro é um dos mais dinâmicos e inovadores. De acordo com o Ministério da agricultura, pecuária e abastecimento (MAPA), o Brasil é um dos principais fornecedores agrícolas do mundo e o agronegócio representa 1/3 do PIB brasileiro, tendo grande relevância para a economia do país. É notável que o setor está cada vez mais adepto a modernização e inovações tecnológicas. É nessa oportunidade que a tecnologia da informação entra.


A aliança entre a T.I e o agronegócio é vista como uma grande vantagem competitiva entre os profissionais do mercado, composta por produtores rurais, cooperativistas agropecuárias, agroindústrias, empresas de distribuição, entre outros tantos.


Essa união traz para o setor diversos benefícios. As soluções apresentadas geram eficácia e melhoria nos processos, objetividade na produção, agilidade na comercialização, além de evitar desperdícios. O crescimento do agronegócio está atrelado a tecnologias como a utilização de softwares específicos capazes de prever erros e enfatizar acertos, de forma a viabilizar e agilizar o processo final de entrega. De modo geral, estes modelos tecnológicos permitem aos gestores a obtenção de informações no ambientes internos, informações de mercado e simplificam o compliance frente aos cenários fiscais dos países em que atuam.


Em 2020, ano atípico devido a pandemia, o setor do agronegócio caminhou no sentido contrário, isso porque atingiu crescimento em relação ao PIB brasileiro. Segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), o agronegócio alcançou participação de 26,6% no PIB de 2020, contra 20,5% em 2019. Podemos conceder esse crescimento ao investimento em tecnologias.


Durante o período de pandemia, e consequentemente o afastamento das pessoas, criou-se a necessidade de grandes aplicações na T.I, impactando diretamente na digitalização dessas empresas.


Um conselho para empresários do agronegócio? Investir em serviço de qualidade na área de T.I para garantir a produtividade e a continuidade.


Fonte: www.agricultura.gov.br/

4 visualizações0 comentário