• Equipe Hialinx

O surgimento da virtualização e as grandes mudanças que ela trouxe

A virtualização é uma tecnologia que permite criar serviços de TI valiosos usando recursos que tradicionalmente estão vinculados a um determinado hardware. Com a virtualização, é possível usar a capacidade total de uma máquina física, distribuindo seus recursos entre muitos usuários ou ambientes.


Mas você sabe como surgiu a ideia da virtualização, como ela mudou a computação e como surgiu a computação em nuvem? Confira tudo isso agora.





Surgimento da virtualização


A ideia da virtualização surgiu já faz algum tempo, na metade de 1960, quando os gigantes e caros computadores da época atingiram uma grande velocidade de processamento mas se mostravam ineficientes em aproveitar seu caro tempo de cálculo, devido ao gerenciamento de processos ser feito manualmente pelo operador.


Porém, nos anos 70, o conceito da virtualização se consolidou, sendo importante para o desenvolvimento de novas arquiteturas e novas tecnologias. Já que no ano de 1972, um cientista da computação americano, Robert P. Goldberg, lançou a base teórica da arquitetura para sistemas computacionais virtuais em sua dissertação na universidade de Harvard. E ainda no mesmo ano, a IBM lançou um mainframe capaz de executar simultaneamente diferentes sistemas operacionais sob a supervisão de um programa de controle – hypervisor.


O primeiro computador comercial inteiramente projetado para virtualização foi o sistema 370 da IBM, que com o sistema operacional CP/CMS, permitia executar múltiplas instâncias simultaneamente. Logo depois veio o IBM z/VM, que se aproveitava da virtualização via hardware de forma mais completa, onde todas duas interfaces de hardware eram virtualizadas.


Muitas abordagens modernas de virtualização devem muito às implementações originais para computadores de grande porte da IBM. Porém, com o passar dos anos, a virtualização foi caindo no esquecimento devido a criação de novas aplicações client/servidor e ao declínio da plataforma mainframe que perdeu força frente a ascensão da plataforma x86. E com a ampla adoção dos sistemas operacionais Windows e Linux em servidores na década de 1990, isso estabeleceu a arquitetura x86 como padrão da indústria.


Já em 1999, a VMWare Inc. introduziu o conceito de virtualização na plataforma x86 como uma maneira mais eficiente para utilizar o equipamento desta plataforma. Eles aproveitaram os servidores x86 para fornecer uma estrutura computacional que possibilitasse o total aproveitamento dos recursos computacionais destes servidores.


Então, a partir de 2005 os fabricantes de processadores como Intel e AMD deram mais atenção a necessidade de melhorar o suporte via hardware em seus produtos. A Intel com sua tecnologia Intel VT e a AMD com a AMD-V. Estes hardwares contém funcionalidade explícitas que permitem que hypervisores melhorados sejam utilizados com a técnica de virtualização completa (full virtualization), tornando mais fácil a implementação e potencializam a melhora de performance.


Mudanças na computação


Cada máquina virtual se traduz em um ambiente computacional completo: praticamente todos os recursos de seu sistema operacional podem ser utilizados, é possível conectá-las em rede, consegue-se instalar, executar e monitorar aplicativos.


Com a virtualização pode-se aproveitar um computador já existente para executar dois ou mais sistemas distintos, já que cada um roda dentro de sua própria máquina virtual. E assim, evita-se gastos com novos equipamentos e aproveita-se os possíveis recursos ociosos do computador.


E com a chegada da virtualização muitos benefícios surgiram, como:


  • Melhor aproveitamento da infraestrutura existente: ao executar vários serviços em um servidor ou conjunto de máquinas, por exemplo, pode-se aproveitar a capacidade de processamento destes equipamentos o mais próximo possível de sua totalidade;

  • Uso de sistemas legados: pode-se manter em uso um sistema legado, isto é, antigo, mas ainda essencial às atividades da companhia, bastando destinar a ele uma máquina virtual compatível com o seu ambiente;

  • Segurança e confiabilidade: como cada máquina virtual funciona de maneira independente das outras, um problema que surgir em uma delas - como uma vulnerabilidade de segurança - não afetará as demais;

  • Diversidade de plataformas: pode-se ter uma grande diversidade de plataformas e, assim, realizar testes de desempenho de determinada aplicação em cada uma delas, por exemplo;

  • Gerenciamento centralizado: dependendo da solução de virtualização utilizada, fica mais fácil monitorar os serviços em execução, já que o seu gerenciamento é feito de maneira centralizada;


Essas são só algumas das vantagens que a virtualização trouxe. Porque existem outros tipos de virtualização. O VMM não é a única técnica de virtualização que existe. Para que possa atender às mais variadas necessidades, vários métodos foram (e são) desenvolvidos. Entre os demais, tem-se o Process Virtual Machine, o Operating System Virtual Machine e a virtualização assistida por hardware.


Computação em nuvem


O termo Cloud Computing surgiu em 1997, em uma palestra ministrada por Ramnath Chellappa. Já o conceito de Computação em Nuvem surgiu quando John Mccarthy, discutiu a computação por tempo compartilhado, na qual o computador podia ser utilizado simultaneamente por dois ou mais usuários para realizar tarefas. Resultando em gastos menores, em que o usuário paga somente pela utilização da tecnologia.


Mas outro cientista que que revolucionaria o mundo era o físico Joseph Carl, pioneiro na criação da internet. Joseph descobriu uma forma de conectar pessoas, ao buscar outras utilidades para o computador, permitindo o compartilhamento de dados e a comunicação em escala global.


E logo depois, a ARPANET, rede global de compartilhamento de comunicação, foi criada e permitiu que a Computação em Nuvem ganhasse forma. Ao longo dos anos essa tecnologia foi evoluindo, onde a cada ano ela ganhava um significado diferente.


E de 2006 a 2008, ela começou a ser oferecida comercialmente, quando empresas pequenas, médias e grandes a adotaram como parte do universo corporativo. Muitas empresas já aderiram a esse novo modelo de negócios, seja contratando serviços terceirizados ou construindo seus próprios servidores. Provando que a nuvem é uma tecnologia arrojada que surgiu para aperfeiçoar a forma de nos comunicarmos e fazermos negócios a nível mundial. O Cloud Computing é o futuro.


E sua empresa já utiliza a computação em nuvem? Conte com a Hialinx para te auxiliar e oferecer a melhor solução para o seu negócio. Temos uma equipe preparada para atender suas necessidades.

0 visualização
Vector-Smart-Object-copy-2.png
© 2019 por Hialinx TI | (41) 3342-2820 | faleconosco@hialinx.com.br | Desenvolvido por
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza
  • LinkedIn - círculo cinza