• Paulo Rogério Morschbacher

O impacto causado pelo COVID-19 no mercado

Não é segredo para ninguém que 2020 chegou e colocou o mundo em situação de alerta e mudou as estruturas em todos os segmentos, não é mesmo?! Mas como tudo fluiu durante a quarentena?



O que ficou conhecido como COVID-19, chegou no Brasil em aproximadamente março de 2020, deixando o país em alerta e em quarentena.


Mas não somente o Brasil, o mundo tem sido afeto pelo alto contágio, resultando no isolamento social com o fechamento de fronteiras, comércios, inserção do home office, adiamento de eventos, etc.


As instruções de proteção tem sido muito divulgadas, com ações para sempre lembrar de lavar as mãos com grande frequência e cuidado, quando isso não for possível ter sempre por perto o álcool gel, manter distância entre as pessoas e quando for preciso sair, sempre usar máscaras.


Devido a isso, o mercado em geral sofreu um grande impacto e a economia caminha junto.

Os setores que mais estão sentindo impacto nesse momento são: turismo, hospedagem e aviação, com quedas das ações de cerca de 78% segundo estudo da Kantar.


Como o mercado tem sido afetado?

Com a economia sendo atingida, todo o resto também é.


O comportamento das marcas e empresas de todos os portes estão mudando, precisando se inovar e buscando formas de se enquadrarem nas novas condições; a forma de consumo também é adaptado.


Observa-se, ainda segundo estudo da Kantar, o risco para o consumo FMCG (indústria de bem de consumo não duráveis) devido a pandemia, o comportamento dos consumidores é o seguinte:

  • 77% estão preocupados com o COVID-19, principalmente em relação a saúde dos filhos

  • 17% estão preocupados com o COVID-19, principalmente em relação a saúde dos idosos

  • 16% estão preocupados com o COVID-19, principalmente em relação a saúde geral

  • 74% garantem sair de cada apenas para o necessário

  • 67% garantem ter deixado de frequentar bares e restaurantes

  • 66% garantem ter deixado de frequentar shoppings e parques


Pensando nisso, podemos confirmar que em meio o momento atual, é impossível não haver sequelas e assim como os consumidores apresentam esses dados, as marcas de diferentes segmentos também são atingidas, como:

  • Segmento de mobilidade: com o isolamento social, as pessoas saem significativamente menos de casa, causando uma grande redução na solicitação de corridas em aplicativos da Uber, 99, entre outros. Sem contar os novos serviços que surgiram através dessas companhias, como por exemplo startups de locação de carros para os motoristas.

  • Segmento imobiliário e de construção civil: com a economia em crise, o acesso ao crédito, juros, taxa de desemprego e confiança dos consumidores têm diminuído, ou seja, mercado para esses pilares sofrem grande impacto.

  • Segmento de entretenimento: como já mencionado acima, o isolamento social causou o fechamento dos comércios e também o cancelamento ou adiamento de diversos eventos, com isso empresas de vendas de ingressos e organização dos eventos sentem suas receitas em queda.


Além desses, os setores de educação, transportes, tecnologia e saúde também estão em alerta.


A linha de frente: área da saúde

Não tem como negar que nesse processo existem profissionais extraordinários que estão lutando para manter a ordem durante a pandemia, aqueles que estão na linha de frente, que muitas vezes estão se arriscando para manter a segurança dos demais, como: policiais, seguranças, atendentes e claro, os dentistas e médicos.


Segundo a professora e coordenadora do Núcleo de Evidências da Faculdade de Odontologia da USP, Fernanda Campos de Almeida Carrer, hoje, um terço da força de trabalho em saúde possui vínculo com o Sistema Único de Saúde, onde esses profissionais podem apoiar no combate à pandemia.


A recomendação é para evitar aglomerações e as saídas de casa sem razões de importância.


Por essa razão diversos eventos também relacionado a área da saúde foram cancelados ou adiados, mostrando também, a grande importância dos mercados digitais atualmente, por fornecerem portais que mantém as práticas odontológicas e médicas em andamento, como acesso aos produtos, equipamentos e suprimentos.


Além disso, os profissionais conseguem conduzir alguns de seus eventos e manter a educação por meio de plataformas que fornecem webinars interativos ao vivo e palestras acessíveis remotamente.


Sem contar que a internet disponibiliza que os pacientes de tratamentos mais estéticos se planejem, por meio de pesquisas por preços e métodos.


Por exemplo ao pesquisar "aparelho invisível preço", "clareamento dental preço", "lente de contato dente", “implante dentário”, “silicone” “cirurgia bariátrica”, entre outras.


Por meio dessas buscas, o paciente consegue escolher os melhores procedimentos e ter referência de resultados para se programar para o fim do isolamento.


Nesse momento, inclusive, as empresas têm usado e abusado das boas ferramentas que a internet disponibiliza para divulgar seus trabalhos, com formas inovadoras de aplicá-las e realizá-los durante a quarentena, com o marketing digital e a telemedicina.


Movimento compre de pequenos negócios

Com tudo que tem acontecido, muitas empresas se dispuseram a fazer doações de diversos meios para quem mais precisa, muitas pessoas se comoveram com as causas e passaram ajudar os que mais precisavam também.


Isso porque em situações de crises econômicas há muitas regiões e pessoas que antes mesmo já se encontravam em situações de maior dificuldade, muitos empregos foram postos em riscos e o número de desemprego aumentou.


Pensando nisso, surgiu o movimento “compre de pequenos negócios”. Afinal, esses são responsáveis por grande parte dos empregos no país e também responsáveis por grande parte da rotação da economia.


Além disso, o Sebrae montou propostas que foram passadas ao Ministério da Economia, sugerindo ações com quatro frentes: redução de custos, viabilização de fluxo de caixa, manutenção de empregos e orientações.


Com a união, dedicação para o bem ao próximo e os avanços de tecnologias e seus serviços, o mundo passará por essa fase e irá se reerguer, em meio muita inovação, com mais humanidade e uma conta grande de abraços.


Conteúdo produzido por Giulia Vaz, redatora na empresa Ideal Odonto


9 visualizações
Vector-Smart-Object-copy-2.png
© 2019 por Hialinx TI | (41) 98814-6818 | faleconosco@hialinx.com.br | Desenvolvido por
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza
  • LinkedIn - círculo cinza