• Paulo Rogério Morschbacher

WhatsApp libera pagamento por meio do aplicativo no Brasil

O Brasil é o primeiro país a receber o sistema de pagamentos por meio do aplicativo. Os parceiros desta iniciativa são o Banco do Brasil, Nubank e Sicredi. Para utilizar a nova funcionalidade é preciso cadastrar um cartão com função débito para fazer transferências e não haverá custos para as pessoas.



Nesta segunda-feira (15), o WhatsApp anunciou que o Brasil é o primeiro país a receber a novidade para pagamento por meio do aplicativo. Essa funcionalidade estava sendo testada na Índia desde 2018, ela permite que as pessoas possam realizar compras, receber ou enviar dinheiro para seus contatos.


A nova função será liberada gradualmente nas próximas semanas para os sistemas Android e iOS. Os pagamentos realizados pelo WhatsApp são oferecidos via Facebook Pay. Em nota, a empresa cita que a ideia para o futuro é “usar os mesmos dados de pagamento em toda a família de aplicativos Facebook”.


Posso usar cartão de crédito e débito?

Neste primeiro momento, serão aceitos os cartões de débito e crédito com as bandeiras Visa e Mastercard do Banco do Brasil, Sicredi e Nubank.


Em comunicado, o Sicredi explica que as transações entre pessoas físicas pelo WhatsApp serão instantâneas e sem tarifas dentro do WhatsApp Pagamentos, seja qual for o banco do destinatário (incluindo Nubank e Banco do Brasil).


Porém, as transações entre família e amigos poderão ser feitas apenas com um cartão de débito, ou com um cartão múltiplo na função débito. Por exemplo, o Nubank observa que se um cliente só tiver o cartão de crédito, terá que criar uma conta digital (antes chamada NuConta) para usar esse recurso.


A nova funcionalidade também estará disponível no WhatsApp Business para pequenas empresas, comércios locais, transações rápidas e outros. E todos os pagamentos feitos na plataforma serão processados pela Cielo.


Taxas e limites

Para que as pessoas possam utilizar o WhatsApp Pagamentos, serão necessárias informações como nome, CPF e dados de um cartão válido. O cartão também é verificado por SMS, e-mail ou pelo aplicativo do banco instalado no celular.


A empresa ainda estabeleceu alguns limites para realizar as transações apenas em real e dentro do Brasil. Existe um limite de R$ 1 mil por transação e de R$ 5 mil por mês. Serão permitidas até 20 transações por dia.


Já para o comércio que utiliza o WhatsApp Business, é preciso ter uma conta Cielo para solicitar e receber pagamentos sem limites – no crédito ou no débito. Para os comerciantes, há uma taxa fixa de 3,99% por transação. Pessoas físicas poderão enviar dinheiro ou fazer compras sem taxas.


A taxa cobrada pelo WhatsApp por transação para comércios é sobre o processamento dos dados. A própria Cielo, para efeito de comparação, aplica taxas (variáveis) de 2,39% para processar pagamentos no débito ou 4,99% no crédito à vista.


Lembrando que apenas clientes do Banco do Brasil, Nubank e da Sicredi conseguem enviar ou receber pagamentos, por enquanto.


Medidas de segurança

Toda transação precisa ser autorizada através do seu PIN de seis dígitos ou leitor biométrico. Além disso, o Facebook Pay implementa as seguintes medidas:


  • pagamentos e compras são monitorados por tecnologia antifraude;

  • os dados do cartão são armazenados de forma separada da sua conta do WhatsApp;

  • o suporte ao cliente estará disponível 24 horas por dia através de e-mail caso ocorra uma transação não-autorizada.


No futuro, a ideia é expandir o Facebook Pay para o Instagram, Messenger e Facebook.


O WhatsApp Pagamentos funciona, por enquanto, apenas com cartões Visa emitidos pelo Banco do Brasil, Sicredi e Woop (conta digital do Sicredi); e com cartões Mastercard do Nubank e Sicredi.


É possível adicionar uma descrição a cada pagamento: é como se fosse uma mensagem de texto acompanhando o dinheiro. O valor vai aparecer no seu extrato bancário; a mensagem, não, pois é protegida por criptografia de ponta a ponta.


Você também poderá cobrar seus contatos: basta abrir a conversa, tocar em Pagamentos, selecionar a opção Solicitar e inserir o valor. A outra pessoa precisa somente autorizar a transferência com PIN (senha numérica) ou biometria (leitor de digitais, reconhecimento facial). Se ela recusar a solicitação, o valor não será enviado.


Já posso usar?

O WhatsApp destaca, além do uso comercial da ferramenta, o envio de dinheiro de forma facilitada para amigos e familiares. Mas, também, que a partir de hoje o recurso "será disponibilizado gradualmente".


Ou seja, se a função ainda não apareceu no seu aplicativo, saiba que ela está sendo liberada aos poucos. O WhatsApp informa que "futuramente todos os usuários no Brasil poderão" usá-la.



Fonte: https://www.tecmundo.com.br/software/154154-whatsapp-libera-pagamentos-envio-dinheiro-brasil.htm


https://tecnoblog.net/345779/whatsapp-pagamentos-nubank-e-sicredi-divulgam-mais-detalhes/

0 visualização
Vector-Smart-Object-copy-2.png
© 2019 por Hialinx TI | (41) 3342-2820 | faleconosco@hialinx.com.br | Desenvolvido por
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza
  • LinkedIn - círculo cinza